Votem na sondagem!

Minha gente linda, eu queria saber o que acham do blog, votem lá ;)

Haters são MUITO mal-vindos.

Este blog...?

AVISO (ler sff)

Eu não plagio, TUDO o que é de outras pessoas está entre aspas ou devidamete identificado, se por alguma razão não estiver identificada uma frase ou texto, tenham a gentileza de avisar e a situação será devidamente resolvida. Eu ODEIO as pessoas que dizem que seguem e que depois não seguem, se não gostam apenas não digam que vão seguir quando não têm intenções de o fazer. Falsidades e hipócrisias à parte, por favor. Liberdade de escolha é o que não falta no mundo por isso, não gostam não seguem. MUITO OBRIGADA a quem segue, aconselha, lê e opina! Muito obrigada mesmo! ◕ ◡ ◕

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Learn to fuck it (I)

   Cheguei a casa. Fechei a porta e deixei-me cair no sofá, talvez por não ter mais força para lutar. Chorei. Já não podia mais, acabou. Tentei convencer-me disto por várias vezes sem qualquer resultado. Adormeci. 
   Acordei com o barulho da campainha, vezes sem conta. Levantei-me, embora sem qualquer vontade. Era apenas o carteiro. Assinei e voltei para a cama, decidi que hoje não iria à escola, iria fingir uma gripe ou qualquer outra coisa, enfim qualquer coisa que me justificasse as faltas.
   Depois de um longo e relaxante banho decidi sair de casa, vesti-me e fui ao café no fim da rua. Levei o meu portátil e sentei-me a escrever, pedi o habitual e a empregada trouxe. O telemóvel tocou. Era uma mensagem escrita do diogo, perguntava porque estava a faltar à 1ª aula. Escrevi "estou muito mal, não tenho forças para ir para às aulas, diz que estou doente, quando puderes passa pela minha casa, perciso de ti." mas desisti e apenas enviei "estou doente, avisa os professores, obrigada.". Porque é que nem ao meu melhor amigo conseguia pedir ajuda? Sim, a ele que já provou mais de mil vezes que estará sempre lá para mim, que me apoia como ninguém, que é como um irmão...
   Passados por volta de dez minutos apareceu-me o diogo à frente, com uma cara de preocupação. Ele percebeu que estava a mentir. Claro que percebeu, mas quem é que eu estava a tentar enganar? É o diogo, e não um estranho qualquer, claro que ele iria perceber.
- O que é que estás a fazer aqui?
- Estou aqui para ti, idiota. Achas que me enganas?
- Desculpa.
   Começei a chorar desalmadamente ao mesmo tempo que contava o sucedido, penso que entendeu, uma vez que mal acabei, ele pronunciou-se.
- Lisa, eu acho que tens de acabr com isso de vez! Andas a lutar por uma coisa que não tem futuro! Sendo teu amigo só quero o que é melhor para ti, e estar com aquele idiota não é o melhor para ti! Deixa-o, acredita em mim quando digo que é o melhor, tu mereces melhor.
- Mas eu ainda gosto dele..
- Mas ele não quer saber de ti, aliás quer saber de ti, de ti e de mais umas 5. Desculpa ser tão duro, mas é a verdade. Vá levanta-te, vamos para minha casa, traz as tuas coisas.


Por:  Ar

OPINIÕES PRECISAM-SE URGENTE

16 comentários:

MaM@tias disse...

Gostei do texto, e das personagens.

Se for uma história ;) quero saber o que aconteceu para a Lisa estar em tal estado :)

Eu gosto.

MaM@tias disse...

Então se é isso que sentes, deves ir com esta ideia para frente :)

MaM@tias disse...

De nada :)

AMiudaDoPuffLaranja disse...

De nada, mas o texto é uma história?

Catarina. disse...

AMEII (:

AMiudaDoPuffLaranja disse...

Então faz isso, e quando te lembrares de outra coisa para postar pões também. Tu gostares do que publicas é que é importante :)

Catarina. disse...

- ya, agr quero a continuação :$

Catarina. disse...

- não tens nada de agradecer (;

AMiudaDoPuffLaranja disse...

De nada ;)

• cláudiasofiagomes disse...

está bonito o texto.
ainda bem que gostaste!

b é ☼ disse...

são grandes deslizes :c

chiara. disse...

adorei a parte do estupidez. muito boa mm x)

LUNA Karenine disse...

Acho que a Lisa deve seguir o conselho do amigo :)

sarasantos disse...

O texto está Lindo *-*
Amei o blog, sigo (;

ritinha. disse...

gostei muito! :)

Victória J. Esseker disse...

Está bem escrito :D